Frutos do mar e especiarias: o que comer quando você viaja nas Bahamas

Então você quer tirar férias no paraíso tropical das Bahamas. Você encontrou seus voos, escolheu sua acomodação e planejou suas atividades. Mas o que você vai comer enquanto estiver lá? Embora muitos hotéis e restaurantes ofereçam comida típica ocidental contemporânea, nenhuma experiência de viagem está completa sem provar a culinária local. O que você pode esperar para ser servido nas Bahamas?

As Bahamas são um arquipélago composto por mais de 700 ilhas. Devido à abundância de água, a cozinha tradicional das Bahamas depende muito de alimentos que podem ser coletados do oceano. Frutos do mar são um alimento básico nas Bahamas. O prato nacional é a concha (pronunciada como ‘konk’), uma grande variedade tropical de caracol do mar. A carne do molusco é firme e de cor muito pálida. Há muitas maneiras de preparar e servir conchas, incluindo cozinhar, estufar ou fritar. Concha fresca e crua, aberta e polvilhada com especiarias e suco de limão, também é um deleite delicioso.

A culinária das Bahamas inclui mariscos como caranguejos e lagostas. Lagostas também são conhecidas como lagostas ou lagostas e geralmente são servidas grelhadas, picadas ou em uma salada. Espécies de caranguejo, como o caranguejo de pedra da Flórida, são comidas em muitas culturas, embora os pratos de caranguejo nas Bahamas sejam comumente servidos assados.

O outro marisco comum encontrado nas Bahamas é, obviamente, o peixe. Há uma enorme variedade de maneiras de preparar peixe, mas um prato tradicional favorito das Bahamas é o peixe cozido servido com grãos. Peixes grandes como garoupa e bonefish também podem ser fritos, salteados, assados ​​ou grelhados.

Apesar da abundância de frutos do mar, frango, porco e cabra também são pratos de carne populares. Alguns destinos turísticos oferecem frango como alternativa aos frutos do mar para atender hóspedes com alergias a frutos do mar. A carne de iguana assada já foi uma refeição popular; no entanto, devido ao estado de extinção da espécie, as iguanas estão seguramente fora do menu.

As sopas são um dos pilares da culinária caribenha, e as Bahamas não são exceção. Muitas culturas gostam de sopa, gerando infinitas combinações de ingredientes. As sopas mais populares nas Bahamas incluem sopa de concha, sopa de ervilha e presunto, sopa de peixe, ensopado de pimenta e sopa de ervilha com bolinhos e carne salgada. Para uma sopa exclusivamente caribenha, os sabores ousados ​​de souse, uma sopa feita de carne, água, cebola, aipo, suco de limão e pimentão, são um clássico.

As frutas tropicais são um elemento-chave da culinária das Bahamas, sejam consumidas sozinhas ou como um delicioso ingrediente em uma variedade de pratos. Abacaxi, manga, goiaba, maracujá, sapoti e mamão são todos cultivados nas Bahamas. O mamão é uma das frutas mais versáteis, usado em sobremesas, chutneys e bebidas tropicais. Mamão contém papaína, uma enzima que quebra as fibras duras da carne e, portanto, é usada como amaciante de carne. É também um ingrediente chave na marmelada ‘Goombay’, um condimento das Bahamas feito de mamão, abacaxi e gengibre verde.

A sobremesa nas Bahamas é muito frutada, com quase todas as sobremesas tradicionais contendo frutas tropicais. A fruta fresca é deliciosamente doce por si só, mas também pode ser assada em tortas, crumbles ou qualquer outro produto assado. Duff é uma sobremesa tradicional das Bahamas criada por dobrar frutas, principalmente goiaba, em massa e depois fervê-la.

Como seria de esperar de qualquer ilha tropical, as Bahamas também oferecem uma impressionante variedade de bebidas. Switcha é uma das bebidas mais famosas e é feita de limas nativas ou limão com adição de açúcar e água. A água de coco é frequentemente servida como um refresco leve e pode ser misturada com leite doce e gim para fazer suco de céu. A cozinha das Bahamas oferece uma variedade de outros coquetéis, incluindo o ponche de rum Bahama Mama, o Goombay Smash, o Yellow Bird e o Planter’s Punch. A cerveja também é uma bebida popular, servida gelada para afastar o calor.

Cada restaurante local terá seu próprio toque na culinária das Bahamas. Os pratos são sazonais e mudam ao longo do ano também. Isso faz parte do prazer – cada refeição é uma nova aventura nas Bahamas!



Source by Scott Williams

Recommended Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.